Como montar uma carteira de criptomoeda rápido e fácil

montar uma carteira de criptomoeda

O que é e como montar uma carteira de criptomoeda? Numa carteira, você pode receber, armazenar ou gastar bitcoins. Assim, você pode pensar em uma carteira como sua interface pessoal para a rede Bitcoin, semelhante à forma como sua conta bancária online, é uma interface para o sistema monetário comum.

As carteiras de criptomoedas contêm chaves privadas e códigos secretos que permitem que você gaste seus bitcoins da forma de achar melhor. Desta maneira, não são os bitcoins que precisam ser armazenados e protegidos, mas as chaves privadas que dão acesso a eles.

Contudo, uma carteira de criptomoeda, como o Bitcoin, é simplesmente um aplicativo, site ou dispositivo que gerencia chaves privadas Bitcoin para você. E se você têm Bitcoins ou está pensando em entrar no mercado de criptomoedas, saiba aqui quais são os tipos de carteiras e como montar uma carteira de criptomoeda de forma rápida e fácil.

Como montar uma carteira de criptomoeda?

Primeiro você precisa entender que existem vários tipos de carteiras de criptomoedas e que você precisa escolher um tipo que encaixa com seu perfil. No site Bitcoin.org, você vai ver que haverá uma série de opções de carteiras de criptomoedas, entre elas: Bitcoin Knots, Bitcoin Core, Green Address, ArcBit, mSIGNA, Armory, Bither e Electrum.

Conhecendo os tipos de carteiras de criptos

Carteiras de hardware

São um dispositivo físico eletrônico, desenvolvido com o único propósito de proteger bitcoins. A carteira de hardware deve estar conectada ao computador, telefone ou tablet antes que os bitcoins possam ser gastos. Assim, as carteiras de hardware são uma boa escolha se você busca segurança e um armazenamento Bitcoin prático e confiável.

As carteiras criptografadas de hardware mantêm as chaves privadas separadas dos dispositivos vulneráveis conectados à internet. O que dá ainda mais segurança ao usuário.

As melhores carteiras de hardware são:

Ledger Nano S: É a mais barata das três carteiras de hardware com tela, custa cerca de US$59 (cerca de R$ 240). A Ledger, é uma das mais conhecidas empresas de segurança Bitcoin, lançou o dispositivo em agosto de 2016.

Trezor One: Foi lançada em agosto de 2014 como a primeira carteira Bitcoin de hardware, oferecendo armazenamento seguro de bitcoins, juntamente com a praticidade de gastá-los com a facilidade de uma carteira quente. Trezor é um dispositivo pequeno, do tamanho de um polegar.

KeepKey: Foi lançada em setembro de 2015 e foi a segunda carteira de Bitcoin de hardware a oferecer uma tela. A tela maior do KeepKey oferece alguns recursos de segurança a mais que você não encontra na Nano S e na Trezor.

Como montar uma carteira de criptomoeda

Carteiras quentes

São carteiras de criptomoedas que funcionam em dispositivos conectados à internet como um computador, telefone celular ou tablet. As chaves privadas são códigos secretos. Como as carteiras quentes geram suas chaves privadas em um dispositivo conectado à internet, essas chaves privadas não podem ser consideradas 100% seguras.

As carteiras quentes se dividem em:

Carteiras Web: As carteiras web armazenam suas chaves privadas online, onde são criptografadas com uma senha selecionada pelo usuário. Embora elas oferecem o menor nível de segurança, as carteiras de criptomoedas online têm a vantagem de serem acessíveis a partir de qualquer dispositivo conectado à internet.

A melhor carteira web é a GreenAddress, que é uma carteira de criptomoeda multi-assinatura disponível via web, desktop, Android e iOS. A GreenAddress é compatível com carteiras de hardware como a Trezor, a Ledger Nano e a HW.1.

“Multi-assinatura” significa, nesse contexto, que o site exige uma confirmação manual sua para que suas moedas sejam movimentadas; isso aumenta muito a segurança.

Carteiras para Desktop: As carteiras para desktop são baixadas e instaladas em seu computador. Se privacidade for sua principal preocupação, esse tipo de carteira Bitcoin é uma boa opção, já que não precisa de dados de terceiros.

A melhor caterias para desktop é a  Electrum, que é uma carteira Bitcoin leve para Mac, Linux e Windows. A Electrum foi criada em novembro de 2011. As principais características da Electrum são: suporte para carteiras de hardware (como a Trezor, a Ledger Nano e a KeepKey) e armazenamento Bitcoin seguro usando um computador offline. A Electrum é uma boa opção tanto para iniciantes quanto para usuários avançados.

Conclusão

Montar um carteira de criptomoedas não é difícil e não demora nada. Mas, após abrir e começar os seus investimentos em Bitcoin ou outra criptomoeda, lembre-se de expandir seus negócios, não comercialize somente um criptomoeda para sempre, estude outras, pois assim como um celular, que hoje é o mais avançado, pode se tornar defasado em pouco tempo. As criptomoedas também estão evoluindo, aparecendo novas criptomoedas com características únicas a todo o tempo.

A sua carteira ajudará a guardar suas criptomoedas com segurança, no entanto, como o mercado das criptomoedas é muito volátil, o valor que você tem na sua carteira pode se valorizar ou diminuir rapidamente, não dê bobeira, se quer investir no mercado de criptomoedas, você tem que estudá-lo.

Não é como se fosse um mercado que você vai ficar rico de uma hora para outra, pois isso só existe em loteria! Estude muito e veja seus frutos crescerem. Em nosso site há artigos que podem ajudá-lo com isso, aproveite!

Comments (No)

Leave a Reply