O que é e como funciona Bitcoin? Saiba tudo!

O que é bitcoin

Bitcoin é uma moeda digital, descentralizada que não necessita de terceiros para funcionar, sendo a primeira criptomoeda do mundo e desde 2009 funciona sem qualquer interrupção, baseada em uma rede descentralizada extremamente segura chamada Blockchain.

O Bitcoin vem criando uma crescente popularização, aonde governos passaram cada vez mais a se preocupar com medidas regulatórias e o mercado como um todo se tornou um lugar de incertezas e especulações, aonde alguns defendem que Bitcoin não é uma coisa boa, em contra partida há também vários especialista que defendem que esse é o futuro do dinheiro, algo que pode facilitar o dia a dia financeiro das pessoas e a forma de utilização do dinheiro virtual.

Por ser uma moeda digital, o Bitcoin facilita muito a vida de quem já o utiliza, principalmente quando estamos falando de transações online, porque ele é anônimo, rápido e seguro. Tudo porque ele não precisa de terceiros como bancos, PayPal ou administradores de cartão de crédito para realizar transferências.

Quem criou o Bitcoin?

Até o presente momento, ano de 2019, a verdadeira identidade do criador do Bitcoin ainda é totalmente desconhecida. O que se sabe é que ele foi criada por uma pessoa que usa o pseudônimo de Satoshi Nakamoto.

O que se pode encontrar na Internet são apenas suposições e suspeitos sobre algumas pessoas com ligação ao mundo da segurança da informação, criptografia e programação, tais como: Hal Finney, Wei Dai e Nick Szabo.

Como funciona o Bitcoin?

Os registros das transações de Bitcoin são armazenados em blocos (Hash), a cada 10 minutos surge um novo bloco que deve armazenar as novas transações que são feitas na rede, assim, esse novo bloco se liga ao anterior, formando uma cadeia de blocos dependentes um do outro.

Novas moedas só podem ser criadas através de mineração, além disso, há um limite de moedas a serem criadas, existindo 21 milhões de Bitcoins e cerca de 80% das moedas já foram criadas.

O Bitcoin é criado através de mineração de Bitcoins, ocorrendo através de computadores superpotentes que executam cálculos matemáticos. Sendo que o trabalho deles é encontrar uma combinação que valida todas as transações inseridas na rede. A sequencia desses blocos, que estão interligados, é chamado de Blockchain.

Por emprestar este poder computacional, o “minerador” recebe sua remuneração em Bitcoin a cada combinação encontrada, assim, recebem uma recompensa em Bitcoins como uma forma de incentivo a continuarem trabalhando e manter a rede funcionando.

A transferência da criptomoeda na rede Bitcoin ocorre através de transações entre o endereço remetente e o destinatário, formados por códigos de 64 caracteres chamados de carteira digital e a transação na rede ocorre através da internet, não sendo possível cancelar ou reverter após ela ter sido enviada pela rede.

Uma carteira digital Bitcoin armazena as informações que são necessárias para ocorrer as transações das criptomoedas, assim, as carteiras utilizam criptografia de chave pública, na qual duas chaves criptográficas são geradas, uma pública e uma privada, sendo que a chave privada é responsável pelo acesso dos fundos da carteira, enquanto que a chave pública pode ser divulgada para o recebimento de fundos.

O que é Blockchain?

Blockchain é como chamamos a rede responsável por armazenar todos os dados do Bitcoin. Ela é composta por blocos que contém todas as informações que são registradas neles, desde a sua criação. Cada novo bloco tem ligação direta com o bloco anterior e assim sucessivamente, isso os tornam dependentes um dos outros.

Para fazer uma mudança de informação no Blockchain seria necessário encontrar uma nova hash que combine perfeitamente com as outras anteriores, o que é praticamente impossível de acontecer. É por esse motivo que o Blockchain e o Bitcoin são tão seguros.

Vantagens do Bitcoin

O Bitcoin tem como principais vantagens: liberdade de pagamento, taxas menores, segurança, privacidade, controle e transparência. Podemos mandá-lo para quem quiser pagando taxas menores, sendo seguro e dá mais privacidade, controle e transparência nas negociações.

Podendo ser utilizado também como investimento para que está procurando diversificar seu patrimônio para ter melhores ganhos, com ele pode-se obter excelentes retornos e a tendência de cada vez mais se popularizar.

O Bitcoin possui 3 grandes diferenciais:

  1. Não tem um ponto de falha: instituições financeiras confiam em servidores que mesmo em redundância utilizam geralmente o mesmo sistema e não saem do ar, sendo que em 10 anos o protocolo nunca parou de funcionar;
  2. Transparência: permitindo que qualquer pessoa possa verificar a integridade del. E, é;
  3. Imutável: isso significa que as transações e dados na rede não podem ser revertidos, isso acontece pois não há uma pessoa decidindo centralmente se a transação pode ou não ser revertida, como acontece no banco, e se por um lado essa característica impossibilita a correção de erros, por outro garante que a rede não seja corrompida.

Desvantagens do Bitcoin

  • A complexidade do software do Bitcoin pode ser um impeditivo para que muitas pessoas entrem neste universo;
  • A volatilidade do preço do Bitcoin também trabalha como um fator impeditivo àquelas pessoas que buscam estabilidade em suas finanças;
  • O tempo que uma transação leva para acontecer na rede do Bitcoin pode ser frustrante para muitos que utilizam seus cartões bancários em operações que duram segundos. Atualmente, uma transação de Bitcoin leva pelo menos 10 minutos para ser aprovada;
  • Algumas das maiores preocupações relacionadas ao Bitcoin são sobre hack e golpes. Casos envolvendo esses problemas são cada vez mais comuns e tornam-se mais sofisticados a cada dia. Alguns golpes a se tomar cuidado são pirâmides financeiras e roubo de poder computacional para mineração de BTC.

como investir em bitcoin? como funciona?

Como investir em Bitcoin? É fácil?

Para investir são mais utilizadas as exchanges, o processo de abertura de conta nestas “corretoras” é bastante simples: geralmente é preciso apenas de um CPF válido e um formulário de identificação preenchido.

Existem corretoras que pedem aos investidores que enviem uma foto dos documentos para validar o cadastro. Apenas com a conta ativa que um e-mail será enviado com endereço e código QR para o investidor começar a realizar as transações.

Mas antes de começar à investir é preciso que a conta tenha saldo. A maioria das corretoras aceitam pagamento por transferência bancária, cartão de crédito ou débito.

Se você deseja investir em Bitcoin através das exchanges, recomendamos que tome cuidado e não aposte todo o seu dinheiro em uma única empresa. Como elas não são regulamentadas, caso aconteça algum erro no servidor ou um ataque cibernético, você não possui qualquer garantia de receber as moedas de volta. Outro ponto importante sobre segurança do Bitcoin é que você deve mantê-lo em sua carteira para garantir que ninguém possa roubá-lo.

Em contrapartida, as corretoras do mercado financeiro tradicional, utilizadas para investir na Bolsa de Valores e em outros investimentos, são sempre regulamentadas pelo Banco Central. Neste caso fica mais fácil e seguro diversificar a sua carteira.

Bitcoin é seguro?

Sim, o Bitcoin é extremamente seguro! Se desde o princípio todo o dinheiro fosse em forma de Bitcoins, casos como a confiscação das contas poupanças de todos os brasileiros, não seriam possível.

O Bitcoin, assim como o Ouro, é muito usado pelos investidores como porto-seguro para se proteger de crises e um possível colapso na economia mundial.

O nível de segurança utilizado pela primeira moeda digital do mundo é muito superior aos níveis utilizados em bancos tradicionais e operadoras de cartões de crédito.

Bitcoin é tão seguro que ele não possui um ponto de falha sequer, para que um Hacker consiga invadir a rede e conseguir roubar alguma informação seria necessário invadir milhões de computadores simultaneamente por todo o mundo, tarefa quase que impossível, não acha?

Como compra Bitcoin?

Há três maneiras de maneiras de adquirir bitcoins de maneira eficiente: através da mineração, comprando em exchanges ou comprando diretamente com outras pessoas (P2P).

Recorra sempre a um local seguro, se você não entende o funcionamento do P2P, é aconselhando que realize suas primeiras compras em uma corretora de bitcoin. Assim, é importante escolher uma empresa confiável para negociar seus bitcoins, por isso sempre observe alguns quesitos – tempo de mercado, transparência e reputação.

Confira abaixo as corretoras mais seguras do Brasil:

Quanto custa um Bitcoin?

.

Achou caro? Saiba que você não precisa comprar um Bitcoin inteiro, você pode adquiri-lo em frações, o que baixa o preço e torna-o acessível a todos. Ele é fracionado em até 8 casas decimais, ou seja, você pode comprar 0.1, 0.01, 0.001 BTC, e assim por diante. Quanto mais casas decimais, menos você paga.

Comprei um Bitcoin, onde guardar?

Para garantir a segurança e evitar que o seu Bitcoin seja roubado, é indicado que você o guarde em uma carteira digital. As carteiras são aplicativos móveis (smartphones) ou para computadores que possibilitam que você possa realizar pagamentos para outros indivíduos com Bitcoin. Conheça as melhores carteiras de bitcoin.

Como é feita a transação em Bitcoin?

Agora que você já tem quase toda informação sobre Bitcoins, é importante saber também como é feita as transações.

De forma resumida, você copia o endereço para quem deseja enviar as moedas, cola em sua carteira, preenche a quantidade, escolhe uma taxa e faz o envio.

A taxa ou custo de uma transação é valor que você paga aos “mineradores” da moeda para a transição entre uma carteira e outra. Ela é variável, o valor cobrado depende de quantas transações ainda estão pendentes na rede. A taxa de transação de Bitcoins atualmente gira em torno de R$ 1 real.

Você deve estar se perguntando: “Quanto tempo para minha transação ser validada?” As transações podem levar até 30 minutos para serem confirmadas pela rede, mas, geralmente, são confirmadas em até 10 minutos. O tempo varia de acordo com a prioridade escolhida na hora do envio.

Comments (No)

Leave a Reply